Não é mais um primeiro post

Antes de começar a escrever, resolvi dar uma olhada, na internet, sobre o que dizer no primeiro post. As dicas são as mesmas, assim que os primeiros posts dos blogs são muito parecidos: quem você é, qual o objetivo do seu blog… blá, blá, blá…Coisas que ninguém quer saber né?! rsrsrs… queremos conteúdo, emoção, queremos rir e nos identificar com algo, ou nos encontramos, finalmente…  Os primeiros posts de alguns blogs são bem básicos, acho que as pessoas partem do princípio de que quase ninguém vai ler, pois, em seguida, você vai enchê-lo daquilo sobre o qual você realmente quer falar e, finalmente, curtir a experiência de TER um blog.  Acho que isso é o mais legal.

Elysio e eu sempre fomos do tipo que põe a mão na massa, achamos mais graça na vida assim. Aí, um belo dia, resolvemos fazer mais isto: ter um blog juntos. Faz um mês que estamos às voltas com abertura de conta, edição, compreensão, animação, confusão… é um tal de adicionar coisa aqui, deslocar pra lá, inserir fotos, vídeos, entender a diferença entre um post e uma página, não destruir a configuração que seu esposo nerd fez… escolher fonte, fundo, cores… até a hora de começar a escrever de verdade… e reescrever… gente, eu achei que fosse mais fácil! Mas foi aí que percebi a graça da coisa…ter um blog é uma experiência por sí só, e ó que a gente nem começou ainda! Mas vamos lá! Vai ser mais uma história pra contar… ops, já foi…

 

Gostou? Então compartilhe...Share on Facebook44Pin on Pinterest0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Share on Yummly0Email this to someonePrint this page

Comentários

comentários